Pausa - 25 Contos de Moacyr Scliar-logo

Pausa - 25 Contos de Moacyr Scliar

Moacyr Scliar

Um homem busca espaço para apoiar seu cotovelo ao lado de uma mulher gorda no avião. O amor do ventríloquo se expressa pelas vozes dos seres inanimados. A vaca é transfigurada em fonte de alimento, de sonho, de desejo. Moacyr Scliar surpreende até quando se propõe a ser simples, como a saída que encontra para vencer o estresse no conto Pausa, ou quando conta sem floreios o que faz um corretor de imóveis para vender um apartamento de cobertura. Sua matéria-prima é o que sabemos e o que não queremos saber da vida. Suas ferramentas são o insólito e o surpreendente. Ler Moacyr Scliar estimula a curiosidade, dá medo, faz rir, arrepia, chega a desafiar a inteireza do estômago, o ritmo da respiração. Ao final, a arte se recompõe, nos afeiçoamos à mais estranha das criaturas, acostumamos com os mais indigestos rituais, nos apaziguamos diante das cruezas humanas e aceitamos que Moacyr tinha razão: o ser humano é mesmo esquisito. Em meio aos contos reunidos neste audiolivro há também a fantasia, que cresce desmesuradamente em No Seio de Abraão, e o delicado lirismo da história do ventríloquo que não consegue expressar o seu amor. Outros contos, como O Tio Pródigo, Escalpe, Bandido, O Candidato, Comendo Papel e Uma Vaga vão fundo na vileza, no desejo desenfreado, na capacidade de engendrar caminhos obscuros do ser humano. Também o olhar e o humor juvenis aparecem afiados em O Dia em que Matamos James Cagney, O Índio, Um Mentiroso, Aquele Velho e Ressurreição.

Um homem busca espaço para apoiar seu cotovelo ao lado de uma mulher gorda no avião. O amor do ventríloquo se expressa pelas vozes dos seres inanimados. A vaca é transfigurada em fonte de alimento, de sonho, de desejo. Moacyr Scliar surpreende até quando se propõe a ser simples, como a saída que encontra para vencer o estresse no conto Pausa, ou quando conta sem floreios o que faz um corretor de imóveis para vender um apartamento de cobertura. Sua matéria-prima é o que sabemos e o que não queremos saber da vida. Suas ferramentas são o insólito e o surpreendente. Ler Moacyr Scliar estimula a curiosidade, dá medo, faz rir, arrepia, chega a desafiar a inteireza do estômago, o ritmo da respiração. Ao final, a arte se recompõe, nos afeiçoamos à mais estranha das criaturas, acostumamos com os mais indigestos rituais, nos apaziguamos diante das cruezas humanas e aceitamos que Moacyr tinha razão: o ser humano é mesmo esquisito. Em meio aos contos reunidos neste audiolivro há também a fantasia, que cresce desmesuradamente em No Seio de Abraão, e o delicado lirismo da história do ventríloquo que não consegue expressar o seu amor. Outros contos, como O Tio Pródigo, Escalpe, Bandido, O Candidato, Comendo Papel e Uma Vaga vão fundo na vileza, no desejo desenfreado, na capacidade de engendrar caminhos obscuros do ser humano. Também o olhar e o humor juvenis aparecem afiados em O Dia em que Matamos James Cagney, O Índio, Um Mentiroso, Aquele Velho e Ressurreição.
More Information

Description:

Um homem busca espaço para apoiar seu cotovelo ao lado de uma mulher gorda no avião. O amor do ventríloquo se expressa pelas vozes dos seres inanimados. A vaca é transfigurada em fonte de alimento, de sonho, de desejo. Moacyr Scliar surpreende até quando se propõe a ser simples, como a saída que encontra para vencer o estresse no conto Pausa, ou quando conta sem floreios o que faz um corretor de imóveis para vender um apartamento de cobertura. Sua matéria-prima é o que sabemos e o que não queremos saber da vida. Suas ferramentas são o insólito e o surpreendente. Ler Moacyr Scliar estimula a curiosidade, dá medo, faz rir, arrepia, chega a desafiar a inteireza do estômago, o ritmo da respiração. Ao final, a arte se recompõe, nos afeiçoamos à mais estranha das criaturas, acostumamos com os mais indigestos rituais, nos apaziguamos diante das cruezas humanas e aceitamos que Moacyr tinha razão: o ser humano é mesmo esquisito. Em meio aos contos reunidos neste audiolivro há também a fantasia, que cresce desmesuradamente em No Seio de Abraão, e o delicado lirismo da história do ventríloquo que não consegue expressar o seu amor. Outros contos, como O Tio Pródigo, Escalpe, Bandido, O Candidato, Comendo Papel e Uma Vaga vão fundo na vileza, no desejo desenfreado, na capacidade de engendrar caminhos obscuros do ser humano. Também o olhar e o humor juvenis aparecem afiados em O Dia em que Matamos James Cagney, O Índio, Um Mentiroso, Aquele Velho e Ressurreição.

Language:

Portuguese

Narrators:

Giuseppe Oristânio

Length:

2h 14m


Chapters

Chapter 1
Chapter 1

26:28


Chapter 2
Chapter 2

25:31


Chapter 3
Chapter 3

28:33


Chapter 4
Chapter 4

25:51


Chapter 5
Chapter 5

28:33