Cowboy Cantor-logo

Cowboy Cantor

Alternative Rock

A excelência da música independente. Todas as canções utilizadas com autorização. The excellence of independent music. All songs used under permission.

Location:

Ponta Delgada, Portugal

Description:

A excelência da música independente. Todas as canções utilizadas com autorização. The excellence of independent music. All songs used under permission.

Language:

Portuguese

Contact:

963672835


Episodes

Cowboy Cantor 330: Deep White Void

11/25/2023
1. Deep White Void: Hope 2. Deep White Void: Backspace Sempre que ouço uma canção nova, ou um álbum novo dos portugueses Deep White Void, anteriormente conhecidos como DW Void, eu tenho a sensação que estes veteranos continuam a divertir-se e a ter prazer quando estão a tocar, ou a compor, com a mesma alegria e vontade que tinham quando formaram os seus primeiros grupos. Na minha memória fica a primeira canção que ouvi dos então DW Void. Fall, do primeiro álbum "10", para além de ser uma das minhas canções preferidas, é talvez a que mais bem define os temas abordados nas canções do grupo: Cores cinzentas e a miséria humana, tal como referiu Fernando Faustino (voz principal e guitarra baixo). Os músicos dos Deep White Void consideram este terceiro álbum, Hiatus, como o mais maduro e refinado. Será sem dúvida o mais atractivo, resultado não só dos muitos anos de experiência dos membros do grupo, como também resultado de vários anos com a formação base e a entrada de um segundo guitarrista. O Cowboy Cantor está com os Deep White Void desde o primeiro álbum e assim continuará.

Duration:00:12:12

Cowboy Cantor 329: fractus

11/16/2023
1. fractus: Harbour 2. fractus: Sifting Tides Nota prévia: esta edição do Cowboy Cantor foi publicada no dia 17 de Novembro de 2023, no mesmo dia em que José Andrade publicou no Açoriano Oriental, na sua página Bastidores, uma entrevista comigo sobre o podcast. Um dos meus maiores dilemas para a escolha das canções a passar no Cowboy Cantor, sempre foi escolher a canção certa que mais bem representasse o álbum ou artista que quereria destacar. Quando cada edição do podcast passou a ser dedicada apenas a um artista, tendo a opção de partilhar convosco duas canções de cada álbum em destaque, o dilema manteve-se. Ou talvez até agravou-se. No caso dos fractus (com inical minúscula, segundo a ortografia oficial do grupo), se por um lado a escolha pendia para um factor muito simples e concreto, escolher as faixas em que a voz canta melodias com palavras, retirar essas duas canções do álbum fractus seria demasiado redutor e poderia parecer descontextualizado. Ainda assim, espero que Harbour e Sifting Tides sejam um convite suficientemente apelativo a que ouçam os 27 minutos, sensivelmente, com que fractus, o álbum, apresenta o grupo fractus. Grupo criado pelo escocês Mark Hendry, contrabaixista e compositor de jazz, conta ainda com um violino (Bernadette Kellermann), violoncelo (Juliette Lemoine), saxofone (Matt Carmichael), piano (Fergus McCreadie), bateria (Greg Irons), acordeão (Dan Brown) e claro, Irini Arabatzi nas voz. O álbum fractus explora a Natureza e Ambiente, através de composições em que se misturam sonoridades jazz com música de carácter erudito, a chamada música clássica. Poderia ser uma banda sonora de uma série de David Lynch ou poderá apenas ser o vosso próximo vício. No meu caso, foram várias horas a ouvir o álbum aquando do meu primeiro encontro com o grupo. O mini-álbum fractus está disponível em c.d. através do Bandcamp do grupo ou na aplicação da vossa escolha para audição de música.

Duration:00:11:16

Cowboy Cantor 328: Noble Dust

10/20/2023
1. Noble Dust - A Picture for a Frame 2. Noble Dust - In Fields Um trompete, um trombone, um violoncelo, uma guitarra eléctrica, um piano, uma bateria, vozes e canções inspiradas em cartas de um soldado americano em missão no sul do Pacífico, durante a II Guerra Mundial: A Picture for a Frame, o segundo longa duração de Noble Dust. O soldado era o avô da vocalista do grupo. Boston, cidade muitas vezes associada a alguns dos nomes mais importantes da música rock, é também uma cidade de onde são originários artistas tão peculiares como os Noble Dust. A voz de Emily Cunningham é o primeiro som que se ouve quando pomos a tocar o álbum A Picture For a Frame. Timidamente outros sons se vão ouvindo, incluíndo um trompete que é tão idílico quanto a voz de Emily. Sem nunca serem canções efusivas, são canções com uma dinâmica e um sentido muito próprios. As letras, muitas vezes complexas, densas, não deixam grande margem para melodias muito elaboradas, pelo que a voz torna-se no elemento guia do resto do grupo. E, apesar de se notar uma grande convergência para a melodia vocal, o facto é que todos os instrumentos têm o seu espaço, se fazem ouvir, mas mais do que isso, fazem sentido nestas canções. São canções que agradam quem vai ouvir intencionalmente os Noble Dust, ou então é um ouvinte casual.

Duration:00:09:04

Cowboy Cantor 327: Mount Saint Elias

10/6/2023
1. Mount Saint Elias - Goldenrod 2. Mount Saint Elias - Violets Quando ouço um artista pela primeira vez, gosto de tentar adivinhar a sua localização geográfica. No caso dos Mount Saint Elias, antes de ouvir alguma das suas canções, pelo nome até pensei que fossem do Canadá. Duvidei que fossem do Alaska. Quando ouvi a primeira canção, Goldenrod, percebi imediatamente que seriam da Califórnia. Quanto à cidade de origem, enganei-me por uma ponte de diferença, pois na realidade são da cidade de Oakland. Outro desafio ao ouvir as canções dos Mount Saint Elias, é conseguir ficar atento às suas canções do início ao fim. São canções que criam ambientes distintos, e se são capazes de nos prender imediatamente aos primeiros segundos, o facto é que ao longo da canção somos capazes de nos dispersar, desprender do que estamos a ouvir mas, mais tarde, o grupo volta a criar momentos de tensão que nos levam a regressar a uma escuta atenta.

Duration:00:11:52

Cowboy Cantor 326: Family Stereo

9/30/2023
1. Family Stereo - Matter 2. Family Stereo - I don't Need Light As canções de Blake Watt são exactamente o que se espera de um trabalho musical com o nome Family Stereo. Antes de ouvir alguma das suas canções, imaginei o conteúdo das letras que me esperavam: cuidar de alguém, estar atento, proteger. Enfim, assumir que uma família só pode existir em estereofonia. Sendo canções compostas e gravadas por uma pessoa só, em palco são apresentadas com mais músicos, o que leva o próprio compositor a aceitar que se diga que Family Stereo é um grupo e não apenas o nome adoptado por Blake Watt. Comparando-se a Marc DeMarco, no que diz respeito ao processo de composição, os arranjos fazem-me lembrar Simon & Garfunkel. Pelo menos no que diz respeito à sobreposição de várias guitarras. As letras e melodias são muito claras. Algo que acontece com as canções da dupla americana que muito marcou a vida dos meus pais, e por consequência a minha vida e das minhas irmãs. They say the people make this city, but it's just you and me. Esta frase, da canção I Don't Need Light, ficará para sempre guardada na minha memória. As palavras em sim, e também a forma como inicia a canção. Não vou referir de que cidade Blake está a falar, para não condicionar o vosso imaginário ao ouvirem esta e as outras canções. Matter, o mini-álbum de Family Stereo, está disponível nas diversas plataformas digitais de música.

Duration:00:13:57

Cowboy Cantor 325: MABGATE

9/9/2023
1. MABGATE com August Charles - Tell It How I See It 2. MABGATE com Alex Fisher - Inline Quando ouvi os MABGATE pela primeira vez, estava a ouvir uma lista de canções de jazz. Surpreendeu-me o início da canção Tell It How I See It, mas rapidamente notei as características da música jazz, apesar da liberdade criativa bem vincada por parte dos músicos dos MABGATE e da voz de August Charles. Uma audição mesmo descuidada, facilmente encontra referências de música portuguesa nos MABGATE. Sobretudo nas melodias e ritmos da guitarra. Formados em Mabgate, na área de Leeds, com o nome original Mabgate Organ Trio, evoluiram para o som actual, contando com alguns convidados da cena musical local. São composições que demonstram contrastes em vários aspectos, mas com pormenores muito cuidados.

Duration:00:10:14

Cowboy Cantor 324: Hatis Noit

9/1/2023
1. Hatis Noit - Aura 2. Hatis Noit - Thor (Ao longo da edição desta semana, referi-me de forma incorrecta à artista em destaque. Considerem o seu segundo nome algo parecido com noitó.) A primeira vez que ouvi Hatis Noit, após a última canção do álbum Aura, fiquei, em primeiro lugar, completamente imóvel. Depois de recuperar, retirei os auscultadores - recomendo ouvir o álbum com auscultadores - e tentei adormecer. A adrenalina em grandes quantidades que se espalhou pelo corpo não me deixou adormecer facilmente. Estaria assombrado pela voz, pelas melodias, pelas harmonias de Hatis Noit? Estaria apenas a tentar recompor-me do choque, do confronto emocional que foi ouvir Aura? A verdade é que, desde Junho de 2022, altura em que saiu o álbum, nunca mais me esqueci desta voz, destas canções, deste universo criado por Hatis Noit. Não serei o único a sentir o mesmo, pois imagino que quem ouve esta artista japonesa, quem ouve a sua voz, jamais a esquecerá. O álbum está disponível em versão digital, vinil e c.d, a partir do Bandcamp da cantora. Outras alternativas para audição ou compra do álbum, aqui. Próximos concertos de Hatis Noit.

Duration:00:15:43

Cowboy Cantor 323: Left Arm Tan

7/31/2023
1) Left Arm Tan - Cannonball 2) Left Arm Tan - '76 Trans Am Se vos sabe a Verão a canção que ouvimos, não é por acaso. Depois de alguns meses de paragem inesperada, sem aviso prévio também, regressa o primeiro e mais antigo podcast dos Açores. Ultrapassadas algumas situações que se prendiam com o funcionamento da página do podcast, se tudo estiver a bem configurado, a distribuição do Cowboy Cantor pelas diferentes plataformas de audição e subscrição do podcast, não irão afectar a vossa recepção desta edição. A única alteração que irão notar é o sítio de referência, a casa, do Cowboy Cantor. A partir de agora, passamos a contar com o endereço cowboycantor.podbean.com Quanto à subscrição do podcast, continuam disponíveis várias opções. Estas opções estão indicadas na página do podcast, mas essencialmente, basta procurarem na vossa plataforma preferida pelo podcast Cowboy Cantor. Em todo o caso, subscrevam o podcast da forma que mais vos agrada e assim garantem que irão receber sempre cada nova edição. Seja ela disponibilizada já para a semana, ou daqui a um mês. Que é o mais provável. Esta 323.ª edição do Cowboy Cantor serve para vos deixar uma recomendação para o que resta do Verão, mas também vem em jeito de teste às novas configurações da página e consequente entrada nos diferentes canais, directórios ou plataformas e aplicações onde o Cowboy Cantor está disponível. Os Left Arm Tan são do Texas, não era preciso eu dizer, porque devem ter percebido pela canção que ouvimos, e pelo nome do grupo, são uma companhia perfeita para o Verão. O álbum de 2022, Undefeated é o quinto álbum do grupo. As canções deste álbum são marcadas por algum humor, mas também fatalidades ou drama. O que mais gostei nas canções do grupo, sobretudo de Undefeated, foi o facto de serem muito objectivas e com uma sequência narrativa muito clara. Os álbuns dos Left Arm Tan estão apenas disponíveis em formato digital, procurem por eles no vosso serviço de audição musical e levem-nos convosco para as próximas viagens de carro, enquanto apanham um bronzeado no braço esquerdo. Subscrevam o podcast Cowboy Cantor em cowboycantor.podbean.com (ou na vossa aplicação preferida de podcasts). Regressamos oficialmente em Setembro.

Duration:00:12:28

Cowboy Cantor 322: Wilderado

3/19/2022
1. Nuno Cabral - Last Memory 2. Wilderado - Head Right 3. Wilderado - The Worst of It Intimista mas também expressivo e até alegre, o álbum de estreia dos Wilderado, intitulado com o nome do grupo, era um dos grandes objectivos do grupo de Tulsa, Oklahoma, que desde 2016 têm alguns registos discográficos de duração menor. O álbum reflecte também o que os músicos do grupo, a residir em Los Angeles, viveram até chegar à gravação de Wilderado. A edição desta semana do podcast abre com o momento Na Mira do Cowboy Cantor, que regressa ao Nuno Cabral, música da ilha de São Miguel, e a sua canção apresentada no dia 18 de Março, Last Memory. Cowboy Cantor, a excelência da música independente. Todas as canções utilizadas com autorização. © Grant Spanier Intimate but also very expressive and happy, the debut album by Wilderado, named after the band, was one of the main intentions of the Tulsa, Oklahoma group, that have been releasing songs and e.p. since 2016. The album also reflects what the musicians, living in Los Angeles, lives until the recording of Wilderado. This week's episode opens with the moment Na Mira do Cowboy Cantor (On the Sight of Cowboy Cantor). We return to Nuno Cabral, a musician from São Miguel island, and his song released on the 18th of March, Last Memory. Cowboy Cantor, the excellence of independent music. All songs used under permission.

Duration:00:14:28

Cowboy Cantor 321: Adeline Hotel

3/5/2022
1. Adeline Hotel: Devotion/The Cherries Are Speaking 2. DW Void: It's Life 3. Adeline Hotel: Solid Love Como se apresenta um álbum que apresenta-se a si próprio? Um álbum que não precisa de explicações, porque cada palavra e cada ideia que se acrescenta à audição, serão sempre desnecessárias. The Cherries are Speaking, sexto álbum de Dan Knishkowy enquanto Adeline Hotel, tem andado guardado na lista de futuras edições do Cowboy Cantor, porque não sabia como haveria de falar deste álbum. Repito, é um álbum que não precisa de explicações prévias. Podemos referir que The Cerries are Speaking é um álbum muito simples, no entanto o mais complexo no que diz respeito a arranjos por parte do músico de Brooklyn. Mas é completamente desnecessária esta informação. The Cherries Are Speaking começa, vai entrando e quando damos por nós, já estamos a ouvir a repetição do álbum, caso estejamos a ouvir em formato digital. No entanto, existe a versão em disco compacto e vinil. Na Mira do Cowboy Cantor estão esta semana os portugueses DW Void, com a canção It's Life. Na mira, mas também no coração. Por cá, estamos sempre disponíveis para ouvir e partilhar a excelência dos DW Void. Cowboy Cantor, a excelência da música independente. Todas as canções utilizadas com autorização. How do you introduce an album that has the ability to introduce itself? An album that doesn't need any previous approach, any word or idea added to it's listening, will always sound unnecessary. The Cherries Are Speaking, sixth album by Dan Knishkowy as Adeline Hotel, has been on the waiting list for future editions of Cowboy Cantor, because I didn't know how to talk about it. I recall, this album doesn't need any previous explanations. One could at least say The Cherries Are Speaking is a very simple album, yet the most complex by the Brooklyn based musician. But again, this is a useless information. The Cherries Are Speaking starts, goes in and when you notice, you are already listening to the repeat of the album. It is available as streaming, mp3 download, c.d. or vinyl. Na Mira do Cowboy Cantor (On the Sight of Cowboy Cantor) this week with the Portuguese band DW Void and their latest song It's Life. On the sight and in the heart, as we at Cowboy Cantor are always listening to DW Void. Cowboy Cantor, the excellence of independent music. All songs used under permission.

Duration:00:20:42

Cowboy Cantor 320: Plastic Estate

2/25/2022
1. Plastic Estate: Out of Reach 2. Ladybug: All the Love 3. Plastic Estate: There Must Be More Than This Desde meados de 2020 que sigo os Plastic Estate, de Cardiff, aguardando ansiosamente, mas calmamente, a edição do seu primeiro longa duração. O álbum de estreia vem tem o nome do grupo e é uma viagem aos sons dançáveis da electrónica dos anos 80. Sendo abertamente admiradores de Dave Grahan, Ian McCullock ou Bryan Ferry, Plastic Estate varia entre canções melancólicas, talvez até tristes ou obscuras, e canções mais alegres, que de forma muito natural começaremos a dançar. Na realidade, outros nomes vêm-nos à memória, sendo para mim Joy Division ou New Order os mais imediatos. Apesar de um claro revivalismo presente nas canções de Plastic Estate, a verdade é que o grupo liderado por Nicholas James e Stanley Fouracres revela também um sentido de actualidade, misturando sonoridades associadas a canções e artistas do presente, tal como Future Islands. Disponível em formato digital e vinil, o primeiro álbum dos Plastic Estate está a rodar com muita intensidade por cá. Ouçam-no por completo, dancem-no, guardem-no. Fiquem com ele. Na Mira do Cowboy Cantor estão os Ladybug. A canção All the Love tem também um vídeo aqui. Cowboy Cantor, a excelência da música independente. Since mid 2020 I have been following Plastic Estate., from Cardiff, waiting anxiously, but calm, the release of their first full length album. Their first album has the name of the band and it is a travel back to the electronic dance sounds of the eighties. With Dave Grahan, Ian McCullock or Bryan Ferry on the sight, Plastic Estate goes from melancholic, even sad or dark songs, to more happy songs, that you will naturally start to dance. In fact, other names come to my mind, like Joy Division or New Order. Despite their revivalism, Nicholas James and Stanley Fouracres, and the rest of the band, will bring some of today’s sounds that one may associate to names like Future Islands. Available on streaming services or vinyl, Plastic Estate is on heavy rotation on my side. Listen to it, dance it, save it. Keep it. On the Sight of Cowboy Cantor are the Portuguese duo Ladybug. Their song All the Love has also a video that you can watch here. Cowboy Cantor, the excelence of independent music.

Duration:00:17:45

Cowboy Cantor 319: The Criticals

2/12/2022
1. The Criticals: Talk Now 2. The Criticals: 1952 De Nashville, canções directas e enérgicas, sobre o desejo de viver e honestas. Parker Forbes e Cole Shugart, antigos companheiros noutras formações, em 2018 formaram os The Criticals. Em 2019 lançaram Mimosa Hygiene e em 2020 Sour Grapes. Cowboy Cantor, a excelência da música independente. Todas as canções utilizadas com autorização. From Nashville, right in your face and energetic songs, lust for life and honesty. Parker Forbes and Cole Shugart, who knew each other from other bands, formed The Criticals in 2018. In 2019 they released Mimosa Hygiene and in 2020 they released Sour Grapes. Cowboy Cantor, the excellence of independent music. All songs used under permission.

Duration:00:07:52

Cowboy Cantor 318: Summer Thieves

2/5/2022
1. Summer Thieves: Saturday Night 2. Nuno Cabral: Rush 3. Summer Thieves: All For You Ao longo de 10 canções, Paradise Down The Road leva os Summer Thieves a explorar vários aspectos do seu som, revelando o grupo de Dunedin, Nova Zelândia, amadurecido. Composto em períodos de confinamento e outros menos tensos, o álbum reflecte esses dois momentos emocionais diferentes: um profundo e contemplativo e outro momento de esperança e festivo. É um álbum que junta pop, rock, blues, e até hip-hop e gospel. Influências musicais que dificulta atribuir um género único Paradise Down the Road, não deixando de ser um conjunto de canções com características muito próprias dos Summer Thieves - nota de imprensa do álbum em Bandcamp. Na Mira do Cowboy Cantor temos nesta semana o músico açoriano, da ilha de São Miguel, Nuno Cabral. Cowboy Cantor, a excelência da música independente. Across 10 tracks, Paradise Down The Road sees Summer Thieves moving effortlessly across all aspects of their sound, creating an album which shows a maturation in the Dunedin-bred party starters. Written and recorded across multiple lockdowns and quiet periods, the album shows two different emotional sides - one deep & contemplative (written during lockdown), and the other more hopeful & celebratory (written in between lockdowns). Bringing together elements of pop, rock, blues, indie & even tinges of hip-hop & gospel, these eclectic sounds & influences all combine to create a sound hard to pin down to one genre, but instantly recognisable as that of Summer Thieves. - from the album press release at Bandcamp The spot for Na Mira do Cowboy Cantor (In the Sight of Cowboy Cantor) is for Nuno Cabral, musician from São Miguel Island, Azores. Cowboy Cantor, the excellence of independent music. Todas as canções utilizadas com autorização. All songs used under permission.

Duration:00:17:40

Cowboy Cantor 317: We Sea

1/29/2022
1. We Sea: Seja Como For* 2. We Sea: Pára o Tempo No Canal* São da Ribeira Grande, ilha de São Miguel, Açores. São os responsáveis pela canção e álbum que mais gostei em 2021. Sem rodeios, sem exageros. Cisma o melhor do que ouvi no ano passado. Neste segundo álbum, Rómulo San-Bento (guitarra) e Pedro Rodrigues (bateria) juntaram-se novamente ao Rui Rofino (voz) e Clemente Almeida (baixo e teclas). Depois de terem formado os Broad Beans, os quatro - os Fabulosos Quatro das ilhas? - novamente em estúdio. Cowboy Cantor, a excelência da música independente. From Ribeira Grande, São Miguel island, Azores, they are the authors of my favourite song and album from 2021. Outspoken. Cisma was the best I heard during last year. In their second album, Pedro Rodrigues (drums) and Rómulo San-Bento (guitar) join Rui Rofino (vocals) and Clemente Almeida (bass and keyboards). After they have formed Broad Beans, the quartet - the Fab Four from the islands? - together in the studio. Cowboy Cantor, the excellence of independent music. * Canções utilizadas com autorização. Songs used under permission.

Duration:00:11:21

Cowboy Cantor 316: Trevor Sensor

1/6/2022
1. Trevor Sensor: I Guess It Was a Fever Dream* 2. Trevor Sensor: Honest Abel Red Tiger* Canções do álbum On Account of Exile, vol. II, editado pela High Black Desert Records. Trevor Sensor, músico de Chicago, foi a minha maior descoberta de 2021. Foi ainda editado no ano passado o álbum On Account of Exile, vol. I, mas o segundo volume foi o que mais me chamou à atenção, tendo sido também um dos álbuns que mais ouvi. Cowboy Cantor, a excelência da música independente. Songs from the album On Account of Exile, vol. II, released by High Black Desert Records. Trevor Sensor, Chicago based musician, was my best discover during 2021. He also released last year On Account of Exile, vol. I, but volume two was the one that kept better my attention, being one of the albums I most listened. Cowboy Cantor, the excellence of independent music. * Canções utilizadas com autorização. Songs used under permission.

Duration:00:12:52

Cowboy Cantor 315: 15 Anos

1/6/2021
1. We Sea - Verde Seco Feito Negro (com Daniel) (Bandcamp, iTunes, Spotify) 2. DW VOID - Fall (Bandcamp, iTunes, Spotify) 3. Noiserv - The Sad Story of a Little Town (Bandcamp, iTunes, Spotify) 4. Uaninanuei - Nascer Crescer Morrer (Bandcamp, iTunes, Spotify) 5. Sonoi - Sherry Fall (Bandcamp, iTunes, Spotify) 6. These United States - First Sight (Bandcamp, iTunes, Spotify) 7. Sleeping at Last - Next to Me (iTunes, Spotify) Cowboy Cantor, a excelência da música independente. Todas as canções utilizadas com autorização.

Duration:00:45:57

Cowboy Cantor 314: Irregular

11/6/2020
1. Eli Gardiner - Tattered and Torn (Apple, Bandcamp, Spotify) 2. Kasador - Come Get Yer Money (Apple, Spotify) 3. Fran Palermo - Jeopardy (Apple, Spotify) 4. Sameer Cash - This City (Apple, Spotify) 5. Sneaky Little Devil - In & Out of Time (Apple, Spotify) 6. The Quiet Bottom - The Bottom (Apple, Spotify) 7. Cut Off Your Hands - Higher Lows Lower Highs (Apple, Bandcamp, Spotify) Cowboy Cantor, a excelência da música independente. Todas as canções utilizadas com autorização.

Duration:00:36:36

Cowboy Cantor 313: Momentos

10/3/2020
1. Mentrix - Nature 2. Delta Spirit - The Pressure 3. Adeline Hotel - Solid Love 4. Brigadoon - Reverie of a Solitary Son 5. Country Westerns - Times to Tunnels 6. Like a Villain - My Hands 7. VAR - Moments Cowboy Cantor, a excelência da música independente. Todas as canções utilizadas com autorização.

Duration:00:32:08

Na Mira do Cowboy Cantor 2: Junho de 2020

6/20/2020
1. JEĀN CLĀUDE - God of Grace 2. I LIKE TRAINS - The Truth 3. LOVVS - King City, Pt. 1 4. Ladybug - Home 5. At Freddy's House - The Lamplight Na Mira do Cowboy Cantor: canções à solta, à margem das leis. Todas as canções utilizadas com autorização.

Duration:00:28:38

Cowboy Cantor 312: Estado Exaltado

5/30/2020
1. Souls Extolled - Garden of Eden 2. Julie's Haircut - Until The Lights Go Out 3. Nation of Language - September Again 4. Wilsen - Ruiner 5. Ben Bostick - Absolutely Emily 6. Erik Koskinen - Gun 7. WE SEA - É difícil ser-se Deus Cowboy Cantor, a excelência da música independente. Todas as canções utilizadas com autorização.

Duration:00:36:31